Ir ao conteúdo

exercício

taquicardia,
comportamento errático,
movimento involuntário.
tudo se fechando neste abrigo.
respiro.

quero estar a céu aberto,
mas envolvido e protegido.
quero pressão sobre meu corpo
mas nunca, jamais ser contido.
amortecido.

tempo e espaço se confundem
na memória perfeita
que se torna traiçoeira;
num instante eu viajo.
reajo.

papel e caneta na mão,
livre associação.
inevitável exercício
que julgava um martírio.
alívio.

Publicado empoemas

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *